ForkinRioRails 01/06/10

quarta-feira, 2 junho 2010

Ontem (01/06/10) rolou mais um ForkinRioRails no NTP da UFF do Gragoatá.

Os presentes foram:
André Oliveira;
Luciano Sousa;
Mário Mariani;
Rafael Moulin;

O Forkin foi basicamente dividido em duas partes:

De início debatemos sobre o exercício de mapeamento que foi sugerido como extensão do aprendizado.

  • Quase todos fizeram os exercícios;
  • Foram feitos alguns testes no console para testar as validações dos mapeamentos;
  • Rolou um debate muito maneiro quando começamos a pensar nas entidades mapeadas e seus respectivos nomes, que nos levou a pensar em refazer o mapeamento alterando um nome de entidade e criando uma tabela auxiliar para ajudar no histórico dela;

Após isso nos concentramos na apostila, nos capítulos 05(finalizando) e 06.

  • Conversa básica sobre MVC. Café com leite pra galera;
  • Forma como o ERb trabalha, e como utilizamos ele. Nesse ponto calhou uma discussão da maneira de como o REST funciona e como podemos gerar várias actions que podem nos facilitar;
  • Outras formas de gerar views no Rails, além do padrão(ERb).
  • Descobrimos que para gerar uma index geral temos que apagar o index.html no routes.rb e inserir:  map.root :controller =>   ‘controller_que_eu_quero’ no mesmo arquivo, e este deve possuir um método index;
  • Diferenças dos helpers;
  • Partials é uma tremenda mão na roda para criar conteúdo estático que tem de ser gerado em vários lugares. Ex: listas, formulários, etc.
  • Layouts, mais uma das simplicidades do Rails;
  • Filtros; onde colocar filtros; como funcionam os filtros; Não gerar filtros para fazer log, o Rails já possui implementações prontas;

etc…

Apesar de ser um grupo muito reduzido (4 pessoas nas últimas vezes) o ForkinRioRails tem sido bastante proveitoso graças as vantagens do Rails, em tudo ser feito simplificadamente e no grande interesse da galera envolvida.

Para a próxima semana, iremos ler e estudar o capítulo 07 da apostila: Rotas. Todos estão convidados.

Abraços.

Anúncios

Aprenda Ruby

segunda-feira, 14 dezembro 2009

Recentemente o Bernardo Botelho, que tem frequentado o Dojo Rio na UFF, pediu-me algumas referências sobre Ruby, tendo em vista que usamos Ruby nos últimos três encontros. Passei algumas fontes para ele, mas agora me dou conta que tais informações também serão úteis para outros membros do grupo. Então, resolvi ampliar a lista e repassar a todos neste email.

Um pequeno disclaimer antes de continuar. Programo em Ruby há alguns anos e adoro a linguagem. Portanto, estou feliz em poder ajudar nos encontros do Dojo em que ela está sendo usada. Também me alegra muito que a galera esteja curtindo e se interessando pela linguagem. Entretanto, também tenho grande interesse em Python e toda e qualquer linguagem que possa ser usada nos encontros. Portanto, fico na torcida para aprender mais sobre outras linguagens ao longo dos demais encontros, mas também espero que muitos se interessem e estudem Ruby.

Acho bacana que nós, como desenvolvedores, tenhamos sempre a mente aberta para aprender novas técnicas e linguagens. E sobretudo que tenhamos a sabedoria de escolher a ferramenta (linguagem) certa para cada problema que tenhamos de resolver. Dito isso, convido vocês a olharem o material a seguir, com carinho.

Ruby é uma linguagem que foi feita com o propósito máximo de facilitar a vida do programador. É muito simples, bastante elegante e tem alguns conceitos bacanas que merecem ser aprendidos. Portanto, se tiverem um tempinho, aproveitem para adicionar essa linguagem ao ferramental de vocês.

Agora, vamos às fontes.

Screencasts gratuitos

Há uma cultura bem forte de produzir screencasts na comunidade Ruby. Muitos com ótima qualidade.

ShowMeDo

Ruby
Ruby on Rails

Ruby Plus

http://www.rubyplus.org

Railscast

Muita gente chega à linguagem Ruby por conta do framework de desenvolvimento web chamado Ruby on Rails. Isso não é nenhum problema. Eu mesmo comecei aprendendo Rails e aos poucos fui conhecendo mais e mais sobre Ruby. Os Railscasts são ótimos, objetivos e ajudarão você a conhecer um pouco de Rails e, de quebra, vários aspectos legais de Ruby.

http://railscasts.com/

SD Ruby

Há um grupo de usuários Ruby bem forte em San Diego e eles estão sempre produzindo vídeos legais em:

http://sdruby.org/podcast

RailsLab

http://railslab.newrelic.com/

RailsEnvy

http://railsenvy.com/tag/videos

Conferências

A Confreaks é uma empresa de um amigo meu, o Carl Youngblood, que grava conferências, sobretudo de Ruby, e as coloca de graça na internet. Há apresentações fantásticas. Veja:

http://confreaks.com/events

Em particular, recomendo fortemente a apresentação sobre SOLID, que é excelente, sobre o uso correto de orientação a objetos. É útil inclusive para quem não usa Ruby.

Screencasts pagos

Além dos gratuitos, há outros screencasts pagos que valem cada centavo. E não são caros.

Peepcode

Ruby
Ruby on Rails
RSpec
Deployment

Pragmatic Programmers

The Ruby Object Model and Metaprogramming
Mastering Rails Forms
Rails development for the Facebook Platform
Everyday Active Record
Classy Web Development with Sinatra

Livros

Um livro que eu gosto muito é o The Ruby Way. Além desse, outro bem válido de ler é o Programming Ruby e demais livros dos Pragmatic Programmers.

Se você tem outras sugestões para quem quer aprender Ruby, por favor, adicione nos comentários.

Grande abraço, Vinícius Teles.