dojo@centro 30/01/2013: Em … Alice no pais do tabuleiro de xadrez!

terça-feira, 5 fevereiro 2013

Fala Coders!!

Para aqueles que não puderam ir no Dojo passado, perderam a oportunidade de resolver o problema da Alice, uma formiginha sapeca que queria percorrer todo o tabuleiro de xadrez, “por motivos … desconhecidos”.

O problema consiste em: Dado um pre resultado do caminho feito pela formiga, precisamos identificar o padrão em sua tragetoria, onde dado um período de tempo, devemos reveler a posição que Alice estará.

Só para mostrar o quanto a galera planejou para que a Alice não ficasse na mão, segue o resultado do planejamento no quadro:

2013-01-30_21-37-12_721

Para os “Curiosos” segue link com mais detalhes sobre o problema.

Para os “DojoHomeworkers” segue mais detalhes ainda com o código fonte.

Para os “Dojoaholics” não perca a oportunidade de dar uma olhada nos commits, já que a evolução do código foi algo de tirar o chapéu.

Os pilotos de plantão foram:

Juan Lopes
Thiago Belem
Carlos Cunha
Renan Cardoso
Jacqueline Abreu
Otávio Cardoso
Jonatas Emidio

Segue Resultado das carinhas:

Pontos Positivos

Pessoas/Clime/Quantidade
Problema+++++++
Diversas Soluções
Solução+
Comida+++
Coca
Python
Humor
Código ficou limpo+
Novatos+++
Passos de bebe
Evolução do código
Peruca da Cissa+
SOAP
Cuca (Não é coca escrito errado, é Cuca mesmo!)
Python me Respeitando(Otavio)
Refactoring++
Eduardo falou da quina no começo
Matemática FTW ?
Jonatas(E não fui eu quem escreveu)
Menos bagunça no vermelho
Frase do Otávio “Python me respeita”
Python ficou bem legal neste problema
Galera prestou atenção

Pontos Negativos

Falatório+
Pessoas Sumidas
Cuca
Cheguei Atrazado(Jonatas)
Novatos não pilotaram
Comida (Deus!! quem disse isso?!!?)
Python não me respeita(Não é o Otávio)
Código ilegivel para os menos experientes

Lembrando que todas as quartas feiras tem dojo para quem quiser participar. É só aparecer na Íparos – Av Treze de Maio, 13 – 6° andar – Cinelândia, a partir de 18:30. Se a porta estiver fechada, pode abrir.

Qualquer dúvida, é só entrar no grupo e mandar um email, sempre terá alguém para responder a qualquer dúvida postada.

Anúncios

Dojo EMAp/FGV (Curso de verão de Python)

sábado, 2 fevereiro 2013

Durante o mês de janeiro os candidatos ao mestrado em Matemática Aplicada da Fundação Getúlio Vargas participaram de um curso introdutório sobre Python, que foi ministrado por Renato SouzaFlávio Coelho e, com a ajuda dos dojoeiros que trabalham na EMAp (Israel TeixeiraFlávio AmieiroAndre Oliveira e eu (Álvaro Justen)) a turma teve um coding dojo por semana, durante 1 mês de aulas! Eu ajudei a conduzir esse último (que aconteceu ontem) – seguem abaixo mais detalhes.

O problema

Escolhemos o problema lendo um cheque, que consiste em receber uma string com o número por extenso e retornar o objeto inteiro/ponto flutuante correspondente àquele valor.

Código

O código encontra-se no repositório outros-dojos no GitHub do DojoRio.

🙂

  • Problema legal/aplicado/envolve conceitos matemáticos +++++++
  • Todos que participaram puderam programar mais de uma vez (pelo menos 3) +++++
  • Participação do Álvaro +++
  • Nível da turma muito bom ++
  • Teclado muito bom ++
  • Resolvemos o problema ++
  • Proposta de usar dicionário surgiu logo no começo
  • Bastantes conceitos puderam ser exercitados/integrados ++
  • Clareza na explicação do problema
  • Todas as minhas dúvidas foram sanadas
  • Passos pequenos

😦

  • Último dojo da galera =/
  • Nem todo mundo programou
  • Faltou um pouco de PEP8 no código
  • Outras pessoas usarem outro notebook durante o Dojo, em paralelo
  • Usamos pouco ipython
  • Demorou um pouco para começar
  • Faltou exercitar conceitos mais avançados de Python
  • Meu foco :-/
  • A ideia de que todos tem que participar na implementação do código, sendo que alguns não abstraíram a ideia
  • Cansaço
  • Não teve comida

Links

Durante e depois do Coding Dojo surgiram várias conversas sobre diversos assuntos…seguem os links:

Espero que a galera que participou do curso continue usando Python e participando dos Coding Dojos do Rio!

Álvaro Justen