Dojo@Niterói 29/09/2011

sexta-feira, 30 setembro 2011

O Dojo@Niterói aconteceu hoje, na famigerada sala 230B no bloco D do bloco da praia vermelha, mesmo com a Python Brasil rolando em São Paulo. E foi um dos melhores dojos que já fui. O dojo foi em Ruby e o problema foi o de Anagramas. Um ponto alto foi a utilização do VIm durante o dojo, mesmo um pouco mais complicado. Apesar de ter atrasado por volta de 40min, e o problema ter mudado em cima da hora por motivos práticos. O problema foi não ter pós-dojo hoje.

Quem veio dessa vez foi:

– Gerardo Soares (eu)
– Renan de Barros
– Caroline Amado
– Lucas Garcia (Carne Fresca)

 

Pontos Positivos:

– Ruby ++++
– Vim ++++
– Blocos de Iteração em ruby + (palavra.length.times do |i|)
– Participação de Todos ++++
– Explicações informais +
– Problema ++
– Diversas maneiras de resolver o problema.
– Instalar o Ruby no Fedora (depois de dores de cabeça) +
– Rspec

Pontos a Melhorar:

– Atraso +++
– Poucas Pessoas +++
– Falta de Comida ++
– Problema cansativo de escrever os testes ++
– Erros aleatórios do RSpec (erro de “compilação” [ eu sei que é interpretada, mas é mais fácil explicar assim. ] )

– Falta do Pós-Dojo

 

Mas ainda assim um dos melhores dojos que já fui!

Anúncios

Dojo@Niterói 15/09/2011

quarta-feira, 21 setembro 2011

Na última quinta-feira, 15/09/2011, rolou mais um tradicional Dojo@Niterói em seu lugar de praxe: Campus da Praia Vermelha da UFF, bloco D, sala 230b. Nele, escolhemos Python para resolver o problema de dizer quantos segundos se passaram desde 00:00 01/01/1990  até uma data qualquer (input).

O desenvolvimento foi marcado por muita atenção aos processos de um coding dojo, dando realce ao “baby steps” e ao TDD. Também houve muitas dúvidas, prontamente respondidas pelos participantes, incluindo conceitos de orientação a objetos e mixins. Aliás, esta última dúvida foi marcada pela explicação do Bernardo a partir de trechos do código do Django. Além disso, a API criada para resolver o problema ficou bastante interessante. Isso tudo fez com que dojo fosse muito bom, e alguns participantes chegaram a dizer que foi o melhor que já presenciaram.

Participaram:
– Bernardo Fontes;
– Caroline;
– Elias Tandel (eu);
– Gerardo Soares;
– João Felipe “JF”;
– Leonardo;
– Thiago Garcia;

Segue um resumo da retrospectiva:

=)
– Boas explicações para as dúvidas. +++
– Purismo do Bernardo em relação aos processos do dojo. ++
– Codigo do Django. ++
– Python. +
– Pós-Dojo.

=(
– Atraso. +++
– Teclado bugado. +++
– Faltou comida. ++
– Henrique Bastos fanfarrão disse que ia em todos os dojos@Niterói e não foi… Tsc tsc. =P

Resumindo,


DojoRio@Íparos 31/08/2011

domingo, 4 setembro 2011

Fala pessoal, tudo bem? 🙂

Semana passada tivemos mais um DojoRio lá na Íparos, no Centro da cidade.

Dessa vez o dojo foi em PHP e visamos resolver o mesmo problema da semana anterior.

Mesmo usando o PHP como linguagem escolhida, não utilizamos o PHP Unit ou o Simple Test (que são os frameworks de teste mais conhecidos), mas utilizamos uma novidade chamada PHPSpec, que o Israel levou pra nozes.

Fatos interessantes ou importantes

  • Usamos Orientação à Objetos no código fonte (não apenas nos testes)
  • Usamos recursividade
  • Tivemos apenas 5 pessoas, num dava nem pra lotar uma kombi 😦
  • Conseguimos ir mais longe que a semana anterior, mas mesmo assim não resolvemos o problema completamente
  • A solução ficou bem mais elegante que a semana anterior
  • Peraê! Cê vai mudar o código pra fazer o teste quebrar??!?! – André Pfeiffer
  • Durante alguns momentos paramos pra duscutir a solução sendo abordada, orientação à objetos, propósito dos testes e etc.

Framework de testes: PHPSpec

O PHPSpec é um framework de BDD (Behaviour Driven Development) inspirado no RSpec, do Ruby.

Problema: Colorboard ou Clickomania

O problema que pode ser chamado de Clickomania – mas nós chamamos de Colorboard – consiste em um jogo muito parecido com o conhecido Bejeweled:

Um tabuleiro preenchido com várias cores formando alguns agrupamentos de cor. O jogador clica em um desses agrupamentos e todas essas casas (da mesma cor) são limpas, dando espaço para as cores que estão em cima.

Tentamos resolver o problema da seguinte maneira: Dada o estado de entrada do tabuleiro (a disposição das cores, que não necessáriamente é a disposição inicial do jogo), clicamos em uma casa e a saída vai ser o novo estado do tabuleiro, já com as cores removidas (ou não) e qualquer outro movimento que isso desencadeie.

Quem quiser ver os arquivos criados durante a seção:

Participantes

  1. André Pfeiffer
  2. Israel Teixeira
  3. Jacqueline Abreu
  4. Juan Lopes
  5. Thiago Belem (este que vos fala)
  6. Thiago Bernardo

Retrospectiva

  • Problema +
  • PHP +++
  • Orientação à Objetos ++
  • PHPSpec
  • Linux
  • Recursividade +
  • Thiago Bernard (carne nova) +
  • Balinhas
  • Ambiente
  • Chuva
  • Jacmotorsqueline

  • Chuva ++
  • Poucas pessoas
  • PHPSpec
  • [Arch]Linux bom demais para tudo que é fácil ++
  • Pouco tempo de retrospectiva
  • “Faltava uns sandubas”
  • PHP
  • DojoTimer (falta de)
  • Teclado
  • Objeto Mutável

Pós-Dojo

Se teve eu não fui, não sei o que rolou e não tenho o que relatar…