Antiga mensagem de boas-vindas da lista de discussão

sábado, 30 abril 2011

Para comemorar o 126o encontro do Dojo Rio na última quarta-feira*, com muito saudosismo publico aqui o texto original que tínhamos na página inicial do Dojo no Google Groups.

Olá,

Somos mais um dojo brasileiro!

Nossos encontros acontecem as terças-feiras as 18:30 na CEFET e as quartas-feiras, as 18:30 na Lapa.

Nossos encontros começaram na PUC-Rio (Gávea), depois foi para o CEFET-RJ (Maracanã), e em seguida para a Lapa.

Agora eles acontecem na CEFET e na Lapa semanalmente.

Os interessados em TDD (desenvolvimento orientado por testes), programação, aprendizado coletivo, entrem no grupo, deixem suas mensagens, tirem suas dúvidas.

Mais informações em:

* Na última quarta-feira, 27/04/2011, completamos 126 quartas-feiras desde o nosso primeiro encontro no CEFET-RJ, realizado em 03/12/2008.
Sabemos que por razões diversas, como feriados e eventos, não tivemos dojo em algumas destas quartas-feiras. Da mesma forma, tivemos encontros realizados em situações especiais, como em alguns eventos de tecnologia. Com o passar do tempo paramos de numerar os encontros, e por isso comemoramos hoje 126 quartas-feiras, 126 semanas desde que começamos.
Vale lembrar que agora somos um grupo muito grande. Com o passar dos anos, já temos hoje um total de 473 inscritos no grupo, e muitos encontros semanais em diversos pontos do estado.
A verdade é que já foram muito mais que 126 encontros… mas pra que se preocupar com os números? Vamos celebrar por celebrar!
Obrigado a todos!

Pesquisa Coding Dojo

segunda-feira, 25 abril 2011

O Bernardo Fontes, membro da comunidade do DojoRio, está fazendo um Projeto Final sobre o Coding Dojo. Para alimentar a sua pesquisa, ele criou uma pesquisa simples sobre o que as pessoas acham do Coding Dojo como ferramenta de ensino e integração social levando em conta a participação em comunidades de desenvolvimento. Para você que ainda não pode participar da pesquisa, segue o link do questionário:

https://spreadsheets.google.com/viewform?hl=pt_BR&formkey=dEk3WUtGdlA2Q3hraXZiWFhKYXJ5b2c6MQ#gid=0


Sinal verde para Dojo organizado pela Globo.com

segunda-feira, 18 abril 2011

No último sábado (16 de abril de 2011) foi organizado mais um Dojo no Rio de Janeiro, desta vez com apoio da Globo.com. Ele ocorreu na Barra da Tijuca, entre 14:00 e 17:30, tendo um intervalo para o delicioso coffee break patrocinado pela empresa.

Descontração durante Coffee Break patrocinado pela Globo.com

Mais de 25 pessoas participaram do encontro, incluindo algumas figurinhas marcadas do Dojo Rio e bastante gente nova.

Mais da metade dos participantes levantou a mão quando perguntamos quem nunca tinha participado de um Dojo, o que foi ótimo, pois conquistamos novos adeptos. Dentre os dojozeiros de longa data, participaram: Álvaro Justen, Cláudio Berrondo, Leandro Thimóteo e Oscar Marques. Contamos ainda com duas participações internacionais: Josemar da Costa Magalhaes (da Angola) e Marcelo Flores Henrique (do Peru), que demostraram bastante habilidade programando.

Palestra de Abertura de Francisco Souza

Como estávamos iniciando um novo grupo de Dojo, escolhemos problemas mais simples: um grupo começou com o Fizzbuzz e o outro trabalhou no Cheque por extenso. Quando o primeiro grupo resolveu o Fizzbuzz, eles começaram a brincar com o problema do Telefone. O segundo grupo permaneceu no Cheque por extenso do início até o fim. Ambos grupos desenvolveram em Python e o código-fonte resultante pode ser encontrado no Github.

Grupo que brincou com o problema do Cheque por extenso

Grupo que resolveu o FizzBuzz e o brincou com problema Telefone

Algo que ajudou bastante no encontro foi o uso de semáforos físicos, ambos desenvolvidos usando Arduino e integrados aos computadores usando dojotools. O semáforos ajudaram bastante os novatos a entenderem quando podiam interromper a dupla em ação, enquanto o dojotools fazia com que a dupla percebesse imediatamente testes quebrados.

Novo semáforo em uso – ajudou iniciantes a entenderem a hora de interromper a dupla

Semáforo 2.0 (por Álvaro Justen e Tati Al-Chueyr) e semáforo 1.0 (por Álvaro Justen, Bernardo Fontes e outros)

Segundo os participantes, um dos pontos positivos deste Dojo (fora o coffee break ;)) foi ter acontecido no sábado – algo que viabilizou a presença de pessoas que trabalham e estudam durante a semana e portanto não conseguem participar dos demais Dojos. Dentre os pontos a serem melhorados, ficou a sugestão de variar a linguagem de programação – algo que sem dúvida será feito nas próximas edições.

Foi um prazer organizar este encontro junto com colegas da Globo.com, incluindo Igor Macaúbas, Francisco Souza, Rafael Martins, Hugo Seixas, Hugo Tavares e Andrews Medina – os dois últimos infelizmente não puderam participar desta edição, mas contribuiram diretamente com sua organização. Mais duas pessoas da empresa merecem ser citadas: Demetrius Nunes e Thaina Zanotti , sem os quais o Dojo da Globo.com não teria se tornado realidade. Do pessoal de fora da empresa, queria agradecer em especial ao Álvaro Justen – tanto pela madrugada que viramos implementando o segundo semáforo, quanto pelo apoio no próprio dia do evento.

Sobreviventes ao fim do Dojo

Obrigada a todos que participaram! Esperamos organizar o próximo Dojo em breve, e contamos com a presença de todos!

Mais informações:

Retrospectiva

🙂

  • coffee break +++++++
  • troca de ideias e experiências durante coffee break
  • dojo no final de semana
  • veio um monte de gente
  • todo mundo participou
  • semáforo
  • infraestrutura
  • organização bacana

😦

  • timidez no início
  • faltou sinalização de onde era o dojo
  • atraso para começar
  • pares falando baixo

Melhorar

  • cartaz explicando funcionamento do dojo
  • explicar melhor TDD
  • variar linguagem
  • sinalizar melhor o Città
  • sugestão de linguagem por novatos
  • pares têm que falar mais alto

Dojo@UFF 08/04

quinta-feira, 14 abril 2011

Opa! Animado com o dojo eu decidi formar outro dojo, em melhor horário pros calouros de computação que moram longe. O dojo acontece todas as sextas as 11h na sala 230B. No primeiro dojo, que foi duas semanas atrás, todos saíram correndo pra almoçar e assim não rolou retrospectiva e nenhum veterano pode ir ajudar. Por causa disso não tenho nada sobre ele. Vou postar sobre o último dojo agora. (Só virei poster ontem)

A linguagem usada foi Java. (vai continuar sendo por algum tempo, decisão dos calouros) O problema da última sexta foi o Jokenpo. (Por mais que os veteranos tenham se oposto à ele.) Compareceram por volta de 13 a 16 pessoas. Dá próxima eu trago números exatos e nomes. Foram uns 6 ou 7 veteranos e 7 ou 8 calouros. Dessa vez não rolou tirar foto. (esqueceram a câmera)

 

=)

– String +++++++
– Fluência do Dojo +++++
– JUnit +++++
– Import Static +++
– Orientação a Objeto (OO) +++
– Problema Finalizado +
– Veteranos +++
– Comida +++++++++
– Não ter aula de LP +*10 (Não fui eu que coloquei assim)
– Iniciativa +
– ALT+SHIFT+F +
– Dojotools +

=(

– Tempo +++
– ALT+SHIFT+F +
– Class Pikachu +
– Pseudo Código +
– Coca-Cola +
– Sinal em Java +
– Horário +
– Timidez +
– Peixe do Bandejão +


Coding Dojo da Globo.com neste sábado

terça-feira, 12 abril 2011

Postado por Álvaro Justen em 12 de abril de 2011 às 17:10

Buscando reforçar inicativas como a do DojoRio, a Globo.com está organizando um Dojo na Barra da Tijuca – apelidado de Globojo.

A ideia é ser mais uma opção para os desenvolvedores que estão no Rio de Janeiro e querem sempre aprender mais e melhorar técnicas de programação.

Os desenvolvedores da empresa têm a intenção de organizá-lo mensalmente, mas a continuidade também dependerá da participação da comunidade. Dentre as linguagens que serão praticadas no Globojo estão Python, Ruby e Javascript – mas outras são muito bem vindas!

O primeiro encontro será este sábado:

Data: 16 de abril de 2011

Horário: 14h00

Local: Shopping Città América – Bloco 7 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro

Nota: caso muitas pessoas apareçam no sábado, serão realizadas sessões simultâneas, de forma que todos consigam participar efetivamente.

O evento é aberto, todos estão convidados a participar e contribuir. Visite o site do Globojo e confirme sua ida ao eventoespero vê-los lá!


Ambiente Lisp com framework de testes

segunda-feira, 4 abril 2011

O nosso amigo Eduardo Carvalho fez um post execelente, motivado por um dia de dojo no qual quebramos a cabeça para fazer em Lisp, e depois de muito tempo acabamos desistindo.

Confiram em Criando um ambiente com testes em CLisp.