DojoRio@Niterói 30/09 e DojoRio@UFF 07/10

Pessoal,

Aproveitando o embalo do meu post de ontem em que postei 5 sessões dos dojos que ocorrem na UFF,resolvi tentar não deixar mais os posts acumularem.
Luis me entregou os papéis de retrospectiva do DojoRio@Niterói do dia 30 para que eu faça o post

Então, lá vamos nós:

DojoRio@Niterói 30/09

O problema escolhido foi o do assassino, em que dado um número de pessoas e um passo, o programa deve retornar quem foi o único sobrevivente, considerando que o assassino faz o passo em uma roda, mata um, faz o passo mais uma vez, mata outro, e vai repetindo o ciclo até sobrar apenas uma pessoa. A linguagem escolhida foi ruby.
Bom, como eu só participei até a decisão do problema, não tenho como dizer o que realmente foi marcante, mas parece ter sido um dojo muito bom com poucos pontos a melhorar e muitos positivos

Estavam presentes 8 pessoas, que, com exceção de Bernardo Fontes, não botaram o nome no papel da retrospectiva

Os pontos positivos foram:

  • Problema +++++
  • Ruby +++++
  • Boas discussões ++++
  • Horário +
  • Orientação a Objetos +
  • Abordagem legal
  • Ver “nossa falha” com o accessor
  • Número morre!
  • Refatoração
  • Aprendizagem
  • Integração
  • Aprender um pouco mais do rspec
  • Pouca gente auxilia na liberdade de mudança de abordagem
  • Erro no spec foi descoberto
  • Funcionamento do Ruby
  • Os lances da linguagem -> fixar o seu comportamento
  • Uma das melhores sessões!!!
  • Quase terminamos
  • Local
  • Projetor
  • Número de pessoas
  • Comida
  • DojoRio@Unipli
  • Foco da galera
  • Highlanders

 

Os pontos a melhorar foram:

  • Vermelho não respeitado
  • Pessoal saindo para comprar lanche
  • Implementar métodos em inteiros que guardam estado
  • Provas / Fudeu Calculo +
  • Cheguei atrasado +
  • Código macarrônico por falta de Orientação a Objetos
  • Pouca gente
  • Não trouxe comida

DojoRio@UFF 07/10

Aconteceu hoje, de 11:00 as 13:00 na sala 448 do bloco D (o que significa que é meu primeiro post em dia!)
O problema escolhido foi o de máquina de vendas automáticas. Definimos que a máquina deveria ter funções de receber moedas, devolver as moedas, comprar refri 1, comprar refri 2 e comprar refri 3. Escolhemos python como linguagem.
O dojo contou com um número bom de pessoas que estavam focadas, acompanhando e colaborando
Estavam presentes as seguintes 9 pessoas:

Os pontos positivos foram:

  • Problema ++++++
  • Pessoal Focado ++
  • Todos programaram ++
  • A galera acompanhou bem o programa +
  • Proxy Pattern bem interessante+
  • Todos colaboraram
  • O problema ficou fácil, graças a Orientação a Objetos
  • Método privado no python
  • Bom número de pessoas
  • Avanço muito bom
  • sum na lista
  • Eu ri muito do Bernardo dançando
  • Fim das provas
  • Fiz os posts antigos

Os pontos a melhorar foram:

  • Sono. +
  • Saudade dos Thunder Methods
  • Fome
  • Bernardo dançando tirando a concentração
  • Som do ar condicionado de outra sala enquanto estamos no calor
  • Cheguei atrasada
  • Pensei que viessem mais pessoas
  • Não deu tempo de terminar
  • A calourada sumiu

É isso!

Ah! É bom lembrar que ainda HOJE teremos o DojoRio@Niterói na sala 230-b do bloco D do Campus da Praia Vermelha da UFF (Campus de Engenharia) de 19:00 as 21:00
Aguardo a presença de todos!

Até a próxima!

Anúncios

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: