DojoUFF – Turma de Prog. 2!

Hoje tivemos Dojo em Niterói. Mas não foi como estamos acostumados. Tivemos uma Aula-Dojo, na turma de Programação de Computadores II, do segundo período do curso de Ciência da Computação da UFF. Foi uma iniciativa do Prof. Dante Corbucci que, junto com o Daniel Castellani, levou o Dojo para turma. Como eu também sou aluno dessa turma, aproveitei para participar e incentivar o pessoal a entrar no jogo.

A maioria não conhecia testes automatizados, nunca tinha ouvido falar sobre TDD e muito menos BabySteps. Assim foi necessário um problema que não causasse preocupação inicial e possibilitasse que todos se ligassem mais no entendimento do jogo. Então escolhemos começar com o clássico problema de primeiro Dojo, o FizzBuzz, para depois avançarmos para um problema mais no nível da turma.

Tivemos 2 horas de aula de puro Dojo! A implementação foi em Java, que é a linguagem utilizada no curso, com JUnit para os testes. Tudo funcionando com o NetBeans, que também é utilizado no curso e todos estavam acostumados.

Após explicações iniciais tudo fluiu muito bem. O pessoal entendeu sobre a necessidade de não falar enquanto os testes estavam quebrando, participou depois dos testes passarem e as duplas foram muito bem na implementação. O professor também fez suas sugestões e deixou a turma conduzir a implementação.

Foram várias sugestões de refatoração. Algumas para deixar o código mais legível e reduzir a quantidade de if-else, por exemplo. Outras para usar melhor os recursos da linguagem, como substituir o uso de String por StringBuffer devido às várias concatenações.

Após resolvido o FizzBuzz, foi escolhido outro problema. Nesse era necessário partir de dois arquivos textos, onde em cada um deles teria um número inteiro por linha, e construir um terceiro arquivo texto, com o conteúdo dos dois anteriores mas sem repetição de números. Porém a aula já estava acabando e não foi possível evoluir muito.

A turma tem aproximadamente 25 alunos e a maioria estava presente. Quase todos programaram. Talvez reduzir o tempo de 5 para 4 minutos seja melhor para dar oportunidade a todos. Não lembrei de pegar o nome de todos os presentes e não houve retrospectiva também, pois a idéia de fazer esse post surgiu de repente. Nos próximos, já temos isso pra melhorar. O Daniel tirou fotos. Assim que ele me mandar eu coloco aqui no post junto com o código.

No final, ouvir a galera animada e dizendo: “queria ter tido isso desde que entrei na faculdade”, foi sensacional. Espero poder relatar aqui muitas outras aulas como essa.

Rafael Carvalho

Anúncios

7 respostas para DojoUFF – Turma de Prog. 2!

  1. […] O dia mais movimentado do ano foi  22 de junho with 467 visitas. O post mais popular foi o DojoUFF – Turma de Prog. 2!. […]

  2. Parabens cara!! Muito bom! ja mandei pra lista do NSI-IFF pra galera ve a possibilidade de fazer la! ;D

    Abraços

  3. Adolfo Neto disse:

    Parabéns pela iniciativa.

    Ontem tivemos um mini-dojo durante a aula de métodos ágeis do Mestrado em Computação (http://www.ppgca.ct.utfpr.edu.br) aqui na UTFPR. Na próxima aula pretendo fazer mais.

  4. Caike Souza disse:

    Lembro bem no ano passado (2009), durante um pós-Dojo do CEFET Tijuca, conversávamos sobre como seria se “algum dia” o Coding Dojo fosse aplicado em uma disciplina de programação na faculdade.

    Sensacional ver isto se tornando realidade e aumentando a participação dos alunos no curso.

    Parabéns Prof Dante, Daniel, e todos os envolvidos.

    Parabéns Dojo Rio !

  5. Diego Dukão disse:

    Simplesmente sensacional!

  6. Totalmente excelente!

    Parabéns pela iniciativa. A galera da UFF está realmente fazendo acontecer. Incrível!

    []’s, HB!

  7. Sensacional a iniciativa de vocês. Espero que mais e mais professores aceitem a iniciativa do Dojo e deixem os alunos implementar novos Dojos durante as aulas. Está aí um grande exemplo para todas as pessoas envolvidas no ensino de computação.

%d blogueiros gostam disto: