Dojo IFF [8] [9] e [10]

Eu voltei, agora pra ficar. Porque aqui, aqui é o meu lugar…”

Dojo sobre IFF

O Coding Dojo Campos O Dojo IFF (já que desde 10-04-2010 não somos mais o único grupo de Dojo de Campos, tendo também a galera da UENF que tá mandando ver nos Dojos :D)  está de volta \o//

Nós nos reuniamos as quarta-feiras e voltamos na quarta passada (09-06-2010) a fazer isso.

Porém, antes de falar da quarta passada ou de ontem, como o último relato que publicamos aqui foi o do dia 24-03-2010, mas nós na verdade tivemos Dojo até o dia 14-04-2010, resumirei aqui, num mini flashback gigante os relatos de Dojos que ainda não foram postados e em breve posto sobre o Dojo do dia 09 e o de ontem!

.

Dia 31-03-2010

Problema: Converter Inteiros Para Romanos em Java -> Código e relato

Foi o primeiro Dojo Campos em Java e contamos com o Rodrigo Manhães para guiar-nos com a linguagem. Usamos JUnit4, Hamcrest e o Eclipse IDE. Decidimos pegar um problema simples, por ter pouca fluência na linguagem. O problema foi o de conveter números inteiros para números romanos. Contamos com a presença de um ex-colega de trabalho, Vanderson Mota (Argentino), que estava de passagem. Não terminamos o problema, mas chegamos num ponto razoável. Todo mundo ficou procurando uma lógica matemática pra fazer a conversão, mas ninguém encontrou e acabamos mapeando alguns números.

Participantes:

.

Dia 07-04-2010

Problema: Produto Escalar de Vetores em Python -> Código/relato/fotos

Tivemos um dojo muito animado e produtivo e bem didático nessa quarta! Tivemos problemas em configurar o Eclipse para usar Hamcrest e JUnit4, que foram as ferramentas de teste que usamos no dojo anterior… Então, acabamos desistindo do Java e optando por fazer em Python (sem muita resistência, diga-se de passagem!)

Levamos 3 problemas para escolher: Produto Escalar de Vetores, Amigo Secreto e Dama. A maioria queria o do Amigo Secreto, mas logo percebemos que teríamos de controlar uma coisa aleatória e isso ia dar uma complicada nas coisas. Complicada essa que seria bem válida, aprender um pouco sobre mocks, stubs e tal… Mas como tínhamos pessoas novas no dojo, optamos pelo mais simples, que no caso foi Produto Escalar de Vetores, que permitiria mostrar umas coisas próprias da linguagem e avançar mais no problema. E deixamos a questão de testar usando mocks e stubs para o futuro.

Como imaginávamos, terminamos o problema bem rápido por ser simples, o que foi bom, pois pudemos adicionar tratamento de erros e fazer um refactoring legal do código. Um valeuzão ao Hugo que mandou muito bem na didática da parada e deu um belo gás a galera =)

Ficamos por 1:30h mais ou menos e todo mundo programou \o/

Participantes:

Retrospectiva:

Cool:

  • Todo mundo programou
  • Teve gente nova \o/
  • Quase todos preferiram Python
  • #horaextra no Arpex (relato abaixo!)

Oh, shit:

  • Atrasou mesmo marcando pra mais tarde que o anterior
  • Trocamos de linguagem porque não configuramos o ambiente
  • Cabos de energia no meio do caminho

P.S.: Não podíamos dessa vez deixar de fazer também um pequeno relato da #horaextra! Fomos no forró do Arpex e a galera do #DojoCampos mostrou que tem gingado! Agora, além de ajudar na organização dos dojos, o nosso amigo Mario Jorge ficou encarregado de fazer um tutorial “Abc Do Forró” e disponibilizar para a galera!!!

É isso aê! Programação, aprendizado, diversão e amizade! 😉

.

Dia 14-04-2010

Problema: Brothers em  Java -> Código/relato

Mais uma vez tivemos problemas com sala e projetor. Havia a nossa sala, mas todos os projetores da coordenação de informática estavam em uso. Conseguimos uma sala na multimídia e fomos para lá. Apareceu muita gente nova, na verdade a maioria era novato no dojo. Usamos Java, como o combinado, e o Eclipe como IDE. O Hugo, levou um problema: CodeBreaker e Diego Manhães levou um outro: Brothers. A maioria preferiu tentar fazer o Brothers. Rodrigo começou o Dojo por ser a pessoa mais indicada a montar a estrutura do pacote Java, com Hamcrest e JUnit 4. Um ponto interessante foi que Rodrigo introduziu alguns javismos que muitos não conheciam. O dojo até que estava andando bem, os novatos programando, até que alguém chegou e disse que tinha reservado a sala naquele horário. Fizemos uma retrospectiva, trocamos algumas idéias e finalizamos o Dojo.

Participantes:

Então é isso… Fim do flashback e até o futuro!

Anúncios

2 respostas para Dojo IFF [8] [9] e [10]

  1. Show de bola! O nosso dojo (é, me considero do dojo@iff mesmo nao podendo participar) ta de volta!!! ;D

    parabens galera, e vamo que vamo!!!

  2. Bernardo Fontes disse:

    Gostei demais do pós-dojo no forró! Qualquer dia implemento isso aqui em Niterói também!

%d blogueiros gostam disto: