1º Encontro do Forkin’Rio

segunda-feira, 29 março 2010

Galera,

Rolou hoje, aqui em casa, o 1º Encontro do Forkin’Rio, grupo de estudos recentemente criado. Como dito no email da própria lista do DojoRio, o primeiro tema escolhido foi Python e hoje foi o encontro para trocarmos as figurinhas iniciais. O encontro foi bastante proveitoso já que o número de pessoas que vieram foi bem maior do que o esperado. Segue uma fotinha aí com toda a galera:

O esquema foi o seguinte: foram formadas 4 equipes onde cada uma contava com um ‘professor’ que era alguém que tinha um conhecimento maior da linguagem. Como nesse primeiro encontro ainda não deu para todos chegarem com os exercícios prontos, o que rolou foi um bate-papo muito proveitoso sobre a linguagem, suas funcionalidades, sua cultura e sua expressividade. Tudo isso seguindo o conteúdo da primeira parte do livro Python Para Desenvolvedores em sua segunda edição. Bem, quem não veio pode estar com algumas perguntas que vou tentar responder agora…

Como faço para participar do próximo encontro?
Antes de mais nada você deve se inscrever na lista do DojoRio para acompanhar as notícias do grupo. Depois você deve pegar o livro aqui. E ler as partes I e II dele. Além disso, é para ler também a parte de String, List, Sorting e Dict and File do Google’s Python Class.

O que eu tenho que levar para o encontro?
Você tem que trazer alguns exercícios prontos. São eles:

  • Exercícios da parte I do livro;
  • Exercícios da parte II do livro;
  • Exercícios 1 e 2 sobre list e string do Google’s Python Class
  • Se der para trazer umas comidinhas, no mesmo esquema do Dojo, é aceitável também!

    Como vai funcionar o próximo encontro?
    No próximo encontro, como todos estarão com os exercícios feitos, nós sentaremos para discutir e comparar os códigos. Nesse cada um explicará a abordagem que adotou para resolver o problema. O motivo principal dessa discussão é avaliar e comparar as diversas maneiras de abordar o problema em função do que a linguagem te fornece.

    Como faço para tirar dúvidas sobre algum exercício antes do próximo encontro?
    Para isso existe a lista do próprio grupo de estudos. Mas em breve acredito que estaremos integrando a mesma ao DojoRio.

    Esse é um grupo de estudo só sobre Python?
    Não. A idéia do grupo é difundir conhecimento. Python foi a escolha inicial, mas nada impede de o nosso próximo tema ser Ruby, Perl, CouchDB, HTML5 e por aí vai. O importante é ganhar conhecimento tanto tecnológico quanto absorver a cultura que envolve o que estamos estudando e, para isso, precisamos ir a fundo nos estudos.

    Não sei se respondi todas as questões, mas caso ainda tenham alguma dúvida, podem escrever para o email do grupo ou do próprio DojoRio que tenho certeza que alguém vai responder na hora! Para deixar os que não puderam vir com o gostinho do que foi o encontro, seguem umas fotos do mesmo aqui.

    Abraços e até o próximo post,

    Bernardo Botelho Fontes

    Anúncios

    Backlog do DojoRio

    sexta-feira, 12 março 2010

    Já temos dojo no Rio e em Niterói (e idéias de fazer mais um em outro dia da semana), um dojo em Campos e já tivemos dojo até em Orlando. A comunidade está crescendo, e a gente precisa de algumas coisas para garantir que o dojo possa continuar sem depender de ninguém. Precisamos de documentação e ferramentas que permitam que qualquer um possa começar um dojo em qualquer lugar, dependendo só da própria vontade.

    Em conversas com o pessoal, conseguimos fazer uma lista de algumas coisas que ajudariam muito na hora de preparar um dojo e evitariam a demora, sempre presente nos reviews como algo a melhorar. A idéia é discutir as propostas e que cada um ajude a fazer o que puder. Vou tentar descrever brevemente as tarefas nos próximos parágrafos.

    Apresentações sobre dojo

    Nada demais, é só colocar as apresentações que já temos sobre o dojo aqui no site, disponíveis para usarmos quando tiver alguém novo no dojo, ou então pra quem encontrar o site saber um pouco mais sobre o que fazemos.

    Vídeo sobre o dojo

    A intenção é mais ou menos a mesma de colocar as apresentações aqui. Divulgar o dojo e mostrar nossos objetivos, além de explicar como funciona uma sessão, só que com imagens em movimento pra prender a atenção do sujeito que estiver assistindo.

    Dojotools para Windows

    O dojotools tá funcionando já, mas para usa-lo no windows ainda é necessário instalar o python e o pygtk. Queremos criar um executável, de preferência que funcione sem precisar instalar nada.

    Guias sobre como preparar os ambientes

    A história é sempre a mesma: quando queremos dojo em Ruby, não tem ninguém que saiba usar o rspec, quando queremos em Java, ninguém sabe o que fazer. Daí surgiu a idéia de preparar guias que expliquem passo a passo como preparar um ambiente de programação usando TDD em todas as linguagens que pudermos. Esses guias podem ficar aqui no site e ajudar não só nos dojos, mas também quem quiser começar a usar TDD em sua linguagem favorita e não souber como.

    Distribuição linux do dojo

    Outra coisa totalmente excelente™ seria ter um ambiente pronto para usar quando quisermos. A solução que encontramos é criar uma distribuição linux que seja inicializável por um pen-drive ou por um cd. Queremos poder fazer um dojo em Python, Ruby, Java, Javascript, C, PHP etc, usando o dojotools, e com editores de texto já configurados, para não perdermos tempo. Basicamente um dojo instantâneo…

    Outras sugestões são mais do que bem vindas. Isso foi o que levantamos até agora.

    Quem puder ajudar com alguma coisa, faça. Se não puder fazer sozinho, peça ajuda ou dê sugestões na nossa lista de e-mails, ou aqui nos comentários, só não fique parado!


    DojoCampos[5]

    sexta-feira, 5 março 2010

    Problema: Triângulo de Pascal

    Linguagem: Ruby

    Participantes:

    Retrospectiva:

    Maneiro:

    • Problema interessante
    • Todos participaram
    • Menos atraso que o anterior

    Porcaria:

    • Problema nebuloso no início
    • Atrasou um pouco
    • Sem #horaextra

    Foto Oficial do dia 03/03/2010

    Código disponível em http://github.com/hugobr/DojoCampos/tree/master/2010_03_03/