Como foi o Coding Dojo Rio [4] em Niterói

Na quinta-feira passada aconteceu o Coding Dojo Rio em Niterói, como de costume, e foi bem legal! O problema foi o bowling e a linguagem utilizada foi JavaScript.

Participantes (12)

  • Álvaro Justen
  • Bernardo Botelho
  • Diego Moreira Guimarães
  • Flávio Amieiro
  • Gabriel Ayres Saraiva
  • Joel Santos
  • Júlia Varanda da Silva
  • Mariana Bedran Lesche
  • Mário Mariani
  • Pedro Menezes
  • Victor A. de Oliveira
  • Vinícius Manães Teles

Feedback

Nota: o feedback descrito abaixo é dos participantes do encontro e não expressa necessariamente a minha opinião.

Carinha feliz 🙂

  • Tivemos mais iterações
  • Comida: vários biscoitos + duas Cocas – sobrou!
  • Problema divertido
  • Finalmente o Vinícius parou de enrolar e veio!
  • Mais gente nova \o/
  • Álvaro não veio só para o pós-dojo
  • Sala boa (e provavelmente definitiva)
  • Linguagens diferentes a cada Dojo – JavaScript
  • Veio bastante gente!
  • Todo mundo programou
  • A ferramenta para TDD em JavaScript é muito boa (JSSpec)
  • Eu nunca tinha vindo, me amarrei na iniciativa e no pessoal
  • Em Niterói! \o/

Carinha triste 😦

  • Não terminamos o problema
  • Só tinha Coca-cola!
  • Galera não sabe as regras do boliche
  • Ultrapassamos o tempo combinado
  • Muito biscoito pra pouca fome (o.O)
  • Código podia ser mais refatorado
  • Teclado ruim
  • Começou atrasado
  • Escolhemos o problema em cima da hora
  • Ninguém levou teclado USB
  • Algumas duplas falaram muito baixo
  • Pouca gente compareceu comparando-se às propagandas feitas no The Developers’ Conference e na aula de Engenharia de Software II
  • E o vídeo?
  • Esqueci da comida
  • Cheguei atrasado
  • Falei demais
  • Refatorei sem testar!
  • Problema complicado

Comentários

  • Que tal fazermos o próximo em Lua?
  • Que tal fazermos o próximo em Ruby?
  • Que tal mudar o lugar do pós-dojo?
  • Nào utilizar string como entrada
  • Procurar problemas inéditos
  • Podíamos discutir problemas pela lista

As fotos, tiradas por Pedro Menezes e pelo japinha que não sabia tirar fotos estão no Flickr do Pedro Menezes.



Dessa vez pós-dojo foi no Tio Cotó!

Para quem estiver interessado (e para quem já participa) e ainda não está inscrito na lista, entre já na lista de discussão do Dojo Rio. Lá conversamos sobre as sessões, discutimos os problemas abordados, sugestões etc.

E pra finalizar, como de costume: amanhã tem mais! Toda quinta-feira, às 18h30min, em Niterói.

Endereço: Rua Passo da Pátria, 156, Sala 406A, bloco E (prédio velho) – Campus Praia Vermelha, em Boa Viagem, Niterói/RJ. Veja o local do Coding Dojo em Niterói pelo Google Maps.

Se você nunca veio, participe! O Coding Dojo é gratuito, tem ambiente descontraído, inclusivo e proporciona o aprendizado de todos – venha e chame seus amigos!



   Álvaro Justen – Turicas

   Peta5

Anúncios

Uma resposta para Como foi o Coding Dojo Rio [4] em Niterói

  1. […] Como foi o Coding Dojo Rio em Niterói […]

%d blogueiros gostam disto: